RECOMEÇAR DO MÊS DE MAIO DE 2018

 

 

É preciso ceder para ganhar
É preciso lutar pra ser feliz
É preciso pedir e dar perdão
Porque assim se vence a dor
Porque assim se vence tudo
Porque assim se faz mais forte o coração

 (Ludmila Ferber)

 

 

O nosso encontro do dia 26 de maio foi com o Psicólogo Cézar Melo. Abrimos a manhã com às boas vindas e agradecendo à presença de todos e todas. Neste dia havia muitas pessoas que estavam indo pela primeira vez, então foi explicado acerca do Projeto Recomeçar, e de seu objetivo que é propor esses encontros para contribuir um pouco com o processo de vivência e superação do luto. Foi falado das mudas, que são uma parceria com o Memorial Parque, e aproveitando o momento foi dito que também estão acontecendo encontros do Recomeçar no Memorial, e que o próximo será dia 02 de junho.

 

Cézar iniciou a manhã fazendo referência ao nome do Projeto, Recomeçar, e da importância de recomeçar sempre. E se estávamos ali aquele dia, todos nós, é porque estávamos buscando pelo Recomeço. Cézar pediu que cada um falasse o motivo de estar ali. Um a um eles foram falando sobre suas perdas, e as dores da ausência. Poucos não quiseram falar. Sra. Marília* afirmou que perdeu o filho há poucos dias e está sendo muito difícil. Sra. Natália* relatou que era seu terceiro encontro e que participar desses momentos tem contribuído bastante para ela se sentir melhor e mais confortada.

 

Após essa abordagem, Cézar entrou em um tema específico, o Perdão. A necessidade de perdoar e ser perdoado. Interagindo sempre com os participantes ele foi fazendo um recorte do que o perdão tem a ver com o momento do luto. Muitas vezes, no momento da perda, sentimos culpa, remorso, mágoas, e nos deparamos com a necessidade de perdoar e ser perdoado pela pessoa que se foi.

 

 

 

O perdão contribui muito para o processo de superação da perda, pois muitas vezes ficamos com a sensação de que poderíamos ter feito mais pela pessoa que se foi, e o que nos cabe nesse momento é nos perdoar. Perdoar nossas falhas e ausências e seguir adiante. Cézar falou também que não devemos perder a oportunidade de pedir perdão a quem magoamos, e de principalmente perdoar. Inclusive ele lançou a reflexão do que seria mais difícil, perdoar ou pedir perdão?

 

Enquanto ele foi abordando o tema, algumas pessoas foram falando e dividindo exatamente suas angústias com relação ao Perdão. Sr. Murilo*, muito emocionado, diz ter a sensação que poderia ter feito muito mais pelo seu pai, e não consegue se perdoar por isso. Cézar direcionou a fala dele para necessidade de se perdoar, de deixar o sentimento de culpa ir embora.

 

 

Por fim, o palestrante reforçou o quanto é importante expressar o que se sente, pedir perdão com sinceridade, e perdoar com o coração. Ele solicitou ao cantor para tocar algumas músicas suaves enquanto ele fazia uma atividade. Cézar fez uma espécie de relaxamento, pediu que todos fechassem os olhos e se guiassem apenas pela sua voz. Ele descreveu um local muito bonito, cheio de natureza, onde seria possível encontrar com aquela pessoa a qual cada um gostaria de pedir perdão e/ou de dá seu perdão, e sugeriu que fosse entregue um buquê de lindas flores coloridas. Enquanto isso ele leu um texto (abaixo) que falava sobre o perdão, a importância e a necessidade de saber perdoar e pedir perdão.

 

Ao término da atividade, Cézar não quis que as pessoas dividissem a experiência, sugeriu que cada um levasse consigo a sensação daquele encontro, e chamou Laís para finalizar. Laís fez referência a atividade de Cézar, deixando claro que as flores oferecidas ao nosso ente querido, pudesse de fato representar o perdão mútuo, mas principalmente pudesse ser nosso início no caminho do Recomeço.

 

Cézar pediu que todos se confraternizassem com um abraço forte e carinhoso, para que fosse possível dividir as energias.

 

 

 

O PERDÃO É PARA TODOS

 

Talvez as principais dificuldades para perdoar uma pessoa sejam o orgulho ou a mágoa ou talvez não... Talvez seja por causa das emoções, que só você sabe quais são e "vem a tona" ao ser sugerido o perdão.

 

Diferente do que muitos acreditam, o perdão não é admitir que você está errado ou certo. Pode parecer a primeira vista que se trata disso, mas na verdade é apenas para libertar-se do que aconteceu. Provavelmente você nunca irá conseguir perdoar alguém, se tentar aceitar o que aconteceu, principalmente quando isso envolve uma agressão, abandono ou apelas palavras mais ásperas. O perdão serve para te libertar do "fardo" de ser uma vítima para toda vida.

 

Para conseguir perdoar alguém ou alguma situação, você deve aceitar o perdão como uma opção válida e séria, tão séria quanto a tristeza que pode estar apertando seu coração. Pois o perdão deve ser genuíno!

 

Perdoar uma pessoa por achá-la inferior ou tola é agir com arrogância. Por isso é muito importante que a vontade venha de dentro de você.

 

Esse será um momento único onde você precisará, mais do que nunca, ser você mesmo e estar íntegro com a intenção de perdoar. Não há nada de errado em perdoar, mesmo que você não tenha sido culpado ou causador do problema. Ponha o orgulho de lado e o perdão em seu coração.

 

Muitos de nós aprenderam cedo que é correto substituir sentimentos ou comportamentos verdadeiros, por atitudes mais "socialmente aceitáveis", criando a famosa "Máscara de personalidade", ou o ego aparente. Não importa mais se um dia foi dito a você: "mas e o que os outros vão pensar". Agora não existe mais uma criança ou um adulto que precisa que seja dito o que fazer ou o que pensar.

 

Até quando alguém pode aguentar ou reprimir uma mágoa? Talvez até o próximo chek-up, e o que parecia apenas um triste pensamento, tornou-se algo físico como um  pequeno tumor... ou uma pedra no rim...

 

Apesar de tudo, nunca é tarde para perdoar!

 

Talvez até hoje você nunca tenha percebido o quanto o perdão pode ajudar... Mas agora que sabe disso, sinta que está tudo em suas mãos e então, perdoe já!

 

 

Texto lido por César

Autoria de Rodolfo Fonseca

 

Lembramos que nosso próximo encontro acontecerá no último sábado do mês de julho, dia 28.07.2018

Aguardamos você, pois Recomeçar é Preciso!!!!

 

Publicado por Laís Lessa

Comentários

  • CLIMA BOM

    Rua São Paulo, nº 30, Tabuleiro dos Martins

  • SHOPPING PÁTIO

    Av. Menino Marcelo, 3800

  • ARAPIRACA

    Rua esperidião Rodrigues,223. Centro ( Em frente a praça da prefeitura)

  • FAROL

    R. José de Alencar, nº 121

  • CENTRO

    R. Oliveira e Silva, nº 155

  • PALMEIRA DOS ÍNDIOS

    R. José Maria Passos, nº 30, Centro

  • JACINTINHO

    Rua Cleto Campelo, 70 / Sl 14

  • TRAPICHE

    Av. Siqueira Campo, nº 697

Atendimento Previda

0800 009 1700
contato@previda.com.br
De segunda até sexta: 8:00 às 18:00 horas
Sábado: 08:00 às 12:00 horas
Atendimento 24 horas pelo telefone