Recomeçar de 31 de Agosto de 2019

Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você

Nunca se esqueça, nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por voc
ê

(Roberto Carlos)

 

 

 

O Recomeçar de agosto de 2019 teve como facilitadora a psicóloga Jully Barbosa, e esteve presente também o músico Luiz Carlos.

 

A psicóloga iniciou falando de maneira breve sobre o luto, sobre o processo da perda, da dor, da saudade, da distância. E abordou que muitas vezes deixamos algo por dizer, por ouvir, algum abraço que não foi dado, um carinho que não foi feito. Então ela propôs na manhã desse sábado que fosse construída uma carta para pessoa que se foi. Que escrevêssemos o que queríamos dizer e não foi possível.

 

Foi entregue a cada um dos participantes folhas, lápis e borracha. E disponibilizamos giz de cera para quem quisesse desenhar e pintar. Estavam presentes 3 crianças que também fizeram a atividade. Chegaram vários clientes durante o andamento da dinâmica e fomos explicando individualmente ou em pequenos grupos o que era o Recomeçar e o que deveriam fazer naquele momento.

 

Jully os deixou escrevendo por cerca de 40min, e finalizou os convidando a conhecer nosso Jardim da Janailma. Chegando lá ela me chamou e pediu que eu falasse sobre o porque aquele espaço foi construído. Contando com a ajuda de Adeildo relatamos a perda de uma colaboradora, e como a empresa abraçou a proposta da construção do jardim como forma de homenageá-la e de semear amor, de transformar a saudade que todos sentíamos em um espaço acolhedor, cheio de vida, paz, amor e tranquilidade. Os presentes ficaram encantados, elogiaram muito a proposta e disseram que nunca viram tamanho carinho de uma empresa com um funcionário falecido.

 

Jully deu continuidade falando que naquele momento gostaria de cada um/a fosse falando sobre o que escreveu e para quem escreveu, e quem se sentisse a vontade leria sua carta. Em seguida iríamos jogar carta por carta no fogo que foi aceso, transformado assim nossa dor em chamas de amor.

 

A combustão precisa de oxigênio para existir e nos trás calor. Esse calor é o combustível para fortalecer nossa fé e esperança de acreditar no amor que sentimos e transformar a dor em Recomeço.

 

Uma família que esteve presente e fizeram cartas para o avô e pai que perderam. Outros falaram sobre suas sogras. A perda de uma avó, de uma mãe. Um/a por um/a foi lendo e relatando como tem sido difícil seguir, como a dor da ausência os congela por tantas vezes. Enquanto outros foram compartilhando sobre a vida e a necessidade dos recomeços que precisamos pós as perdas.

 

Foi um momento muito bonito, muito forte. Ao término, um Sr. que ficou muito encantado com a proposta do Recomeçar elogiou bastante a empresa por proporcionar isso aos clientes. Sugeri que retornássemos ao auditório onde poderíamos finalizar.

 

Por fim não havia muito a ser dito diante do encontro de hoje, foi finalizado apenas falando sobre a importância da gratidão, e do quanto é importante agradecer por ter conhecido, amado, e dividido tantos momentos com aquela pessoa que se foi.

 

 

 

 

 

Comentários

  • FAROL

    R. José de Alencar, nº 121

  • ARAPIRACA

    Rua esperidião Rodrigues,223. Centro ( Em frente a praça da prefeitura)

  • JACINTINHO

    Rua Cleto Campelo, 70 / Sl 14

  • EUSTÁQUIO GOMES

    Rua da Desaceleração , 1

  • CLIMA BOM

    Rua São Paulo, nº 30, Tabuleiro dos Martins

  • SHOPPING PÁTIO

    Av. Menino Marcelo, 3800

  • TRAPICHE

    Av. Siqueira Campo, nº 697

  • PALMEIRA DOS ÍNDIOS

    Avenida Vieira de Brito, n°3A - São Cristóvão

  • CENTRO

    R. Oliveira e Silva, nº 155

Atendimento Previda

0800 009 1700
contato@previda.com.br
De segunda até sexta: 8:00 às 18:00 horas
Sábado: 08:00 às 12:00 horas
Atendimento 24 horas pelo telefone