Recomeçar do mês de Abril de 2018

 

 

É só não permitir que a maldade
do mundo te pareça normal.
Pra não perder a magia de
acreditar na felicidade real,
E entender que ela mora no
caminho e não no final.

(Kell Smith)

 

            O nosso encontro do Recomeçar de 28 de abril de 2018 foi ministrado pela psicóloga Michele Patrícia. Além dela contamos com a presença do músico Carlos Dias, que com voz e violão tocou a alma de muitos dos participantes.

Mais uma vez ressaltamos sempre a importância da música em nossos encontros. O cantor iniciou sua apresentação no momento da recepção dos participantes com a música “Era uma vez”, de Kell Smith. A letra relata que as dores da infância são simples comparadas com as dores da fase adulta. E faz referência à felicidade, afirmando que “ela mora no caminho e não no final”.

Laís Lessa deus as boas vindas, apresentou o Projeto, e explicou como surgiu a iniciativa de promover um encontro que contribuísse com o processo de Recomeçar após uma perda.  Fez referência a quantidade de funcionários participando e um cliente pediu a fala. Disse que se sentia feliz em estar ali e poder dividir esse momento com as pessoas que trabalham no processo do serviço funerário, que cuidam e contribuem de alguma forma no momento da dor das famílias. Ao término, convidamos a psicóloga para dar início ao encontro.

Michele iniciou sua fala falando sobre a perda ser o motivo de estarem todos ali, e como isso implica em tantas questões no nosso cotidiano. Solicitou que cada um definisse como se sentia naquele momento com uma palavra. A maioria das pessoas responderam que sentiam tristes e com saudade. Algumas pessoas fizeram relatos sobre suas perdas. Entre elas, uma Sra. que tem participado frequentemente relatou que ao tirar uma foto dos sobrinhos, ao fundo estava a irmã, porém toda a família identificou que ao invés da irmã era a mãe falecida. A psicóloga conduziu a discussão com base nas crenças e na fé de cada um. Falou que acreditamos no que queremos acreditar, que vemos o que queremos ver, e que isso acontece baseado no que acreditamos.

 

           

 Foi passado um vídeo com testemunhos de pessoas que também perderam seus entes queridos. Cada um/a falando sobre suas dores, da dificuldade de enfrentar a ausência da pessoa amada, e como conseguiram seguir, recomeçar. Após o vídeo algumas pessoas falaram suas histórias e como haviam se identificado com os relatos que viram. Michele explicitou sobre a importância de dividir a dor com outras pessoas, como estavam fazendo ali. Uma das falas do vídeo, de um moça, foi que é preciso saber ouvir as dores do outro. Que quando perguntamos se alguém está bem, temos que estar prontos de fato para ouvir. E no momento do luto se faz necessário ter pessoas que possam ouvir, que possam acolher.

A psicóloga fez referência também a possibilidade de adoção de um pet, em que se possa dedicar amor e cuidados. Uma cliente, participante assídua, propôs que convidássemos uma ong que tem animais para adoção para oferecer aos participantes.

Por fim, Michele passou um vídeo que compara nossas vidas a uma viagem de trem. Onde paramos em várias estações, mas sempre temos que seguir, continuar a viagem. No trem sobem e descem diversas pessoas diariamente, e assim acontece em nossas vidas, pessoas vêm e vão todo o tempo. E concluiu sua intervenção propondo uma troca de abraços entre todos ao som da música Trem Bala, de Ana Vilela.

 

 

Laís Lessa finalizou fazendo uma referência à ideia dos pets com as mudas, oferecidas pela empresa do Grupo, Memorial Parque, com o objetivo de entregar uma nova vida aos participantes do Recomeçar, que precisa de cuidados e amor para viver, crescer e florescer. Agradeceu a presença dos participantes explicou que seria servido um coffe break, distribuído os copos brindes e a mudas, e que enquanto isso alguns funcionários fariam com eles uma pesquisa de satisfação.

 

 

 

Nosso próximo encontro ocorrerá em 26 de maio de 2018, na sede da Empresa Previda, das 9h as 11h, sintam-se todos convidados.

Aguardamos você!

 

 

Texto – Lais Lessa

 

Comentários

  • TRAPICHE

    Av. Siqueira Campo, nº 697

  • ARAPIRACA

    Rua esperidião Rodrigues,223. Centro ( Em frente a praça da prefeitura)

  • JACINTINHO

    Rua Cleto Campelo, 70 / Sl 14

  • CENTRO

    R. Oliveira e Silva, nº 155

  • SHOPPING PÁTIO

    Av. Menino Marcelo, 3800

  • PALMEIRA DOS ÍNDIOS

    R. José Maria Passos, nº 30, Centro

  • CLIMA BOM

    Rua São Paulo, nº 30, Tabuleiro dos Martins

  • FAROL

    R. José de Alencar, nº 121

Atendimento Previda

0800 009 1700
contato@previda.com.br
De segunda até sexta: 8:00 às 18:00 horas
Sábado: 08:00 às 12:00 horas
Atendimento 24 horas pelo telefone